Build 2016

O Build é o maior evento da Microsoft para desenvolvedores. Este ano, ele aconteceu nos dias 30, 31 de março e também no dia 1º de abril. Como de costume, houveram vários anúncios exclusivos e para a felicidade dos desenvolvedores, muitas demos foram mostradas!

O objetivo desse post é mostrar resumidamente algumas novidades que foram apresentadas.

ATUALIZAÇÃO DO WINDOWS 10 (Anniversary Update)

  • WINDOWS HELLO: Várias novidades em relação a autenticação aliada ao navegador da Microsoft (Edge) para facilitar o login em diversos locais;
  • WINDOWS INK: Uma experiência totalmente diferenciada com o uso da caneta interagindo com o sistema operacional. Um recurso muito legal que foi apresentado é uma régua para facilitar o traço com a caneta. A forma como o multi touch e os múltiplos movimentos possíveis foram desenvolvidos proporcionam uma experiência próxima de estar riscando em uma folha real;
  • BASH NO WINDOWS: Isso mesmo! O Bash do linux agora estará disponível no windows com a maioria das funcionalidades. Essa novidade é fruto de uma parceria da Microsoft com a Canonical.

CORTANA INTELLIGENCE SUITE
Uma suite composta por BOT FRAMEWORK + COGNITIVE SERVICES + MACHINE LEARNING.

  • MICROSOFT BOT FRAMEWORK
    É literalmente uma ferramenta para desenvolver bots. Um ambiente para criação de bots inteligentes, utilizando conceitos de machine learning para interagir de forma natural com usuários através de serviços que são comumente utilizados, como SMS, Skype, Slack, We Chat, etc.
    No Build, foram apresentados diversas demos, das quais uma se tratava de pedir uma pizza na Domino’s através de um chat autônomo controlado por um bot. Ele compreendia de forma natural o tipo de pizza, tamanho, local de entrega, etc. Para os casos que o bot errava, era possível utilizar uma interface para “ajudá-lo” a compreender o correto e fazê-lo aprender.
    Link: https://dev.botframework.com/
  • COGNITIVE SERVICES
    A maior parte do poder dos bots está associado ao aprendizado de máquina (Machine Learning) e há uma série de serviços que já estavam disponíveis antes do Build, porém foram ampliados e divulgados na conferência.
    Esses serviços auxiliam o seu App e os seus dados a terem um processamento inteligente através do uso de API’s de diversos segmentos como:

    • Visão Computacional
    • Reconhecimento de fala
    • Linguística
    • Conhecimento
    • Pesquisa

    Link: https://www.microsoft.com/cognitive-services/en-us/apis

CORTANA NO SKYPE
A Cortana foi assunto constante e estava presente na maioria dos anúncios feitos pela Microsoft. Um deles foi a capacidade de interagir com ela através do Skype de uma forma muito natural, dando a impressão ainda mais real de ser uma assistente pessoal. Em algumas simulações ela era capaz de interagir com a agenda e marcar os compromissos e não só isso, já se preocupava em por exemplo buscar por acomodações na região da viagem. Na oportunidade, após confirmação, ela interagiu com um bot de um hotel e já realizou a reserva na data do compromisso. Ela também sugeriu alguns amigos que moravam no local para um eventual encontro.
Link: https://channel9.msdn.com/Events/Build/2016/C902

AZURE FUNCTIONS
Um recurso que ainda está em versão preview e é capaz de executar uma tarefa no Azure acionado por eventos que ocorrem em algum serviço do próprio azure ou de fora dele. Basicamente o Azure Functions tem por objetivo desempenhar alguma tarefa baseado em algum evento que ocorre e é pré configurado. Possui escalabilidade que pode ser configurada pelo cliente e muito mais. Um ponto muito interessante é que agora você não precisa ter uma máquina alocada (Ex: VM) e pagar ininterruptamente por mantê-la ligada, pois agora você paga por execução!
Link: https://azure.microsoft.com/en-us/services/functions/

AZURE SERVICE FABRIC
Esse recurso tem uma proposta muito interessante, simplificar o desenvolvimento de aplicações baseadas em Microservices e gestão do ciclo de vida, escalando-as automaticamente e possibilitando que as mesmas sejam executadas em escala maciça. Houve a apresentação de um caso onde um game online e multiplayer estava rodando. Na oportunidade foi realizado um deploy de uma nova funcionalidade sem que o mesmo interferisse ou derrubasse os usuários conectados, além de aplicar a nova funcionalidade do jogo em tempo real. Tudo isso graças ao uso de Microservices afim de possibilitar um desenvolvimento contínuo e sem interrupções.
Link: https://azure.microsoft.com/en-us/services/service-fabric/

XAMARIN
Já faz um tempo que a Microsoft anunciou a compra da Xamarin, porém não houve nenhum posicionamento em relação ao futuro da plataforma após a compra. Agora sim! No Build foi anunciado o que todos queriam ouvir, o Xamarin será Free e estará disponível na versão Pro e Community do Visual Studio! Para quem não sabe, com o Xamarin é possível criar Apps nativos para iOS, Android e Windows com um reaproveitamento de código acima de 90%. Você escreve uma vez e porta ele para os diversos sistemas.
Com esse anúncio, o desenvolvimento de Apps híbridos com o Apache Cordova (Já disponível no Visual Studio) certamente perderá adeptos, já que aplicativos nativos são muito mais performáticos do que os híbridos, entre outras vantagens.
Logo após o Build, o grupo do Monkey Nights que trata de assuntos de desenvolvimento mobile, fez um hangout falando um pouco sobre o assunto. Vale a pena conferir, segue o link: http://youtu.be/rzzrcqr3JgQ

HOLOLENS
Houveram várias demonstrações, onde em uma delas era possível interagir e conversar com hologramas de outras pessoas que também estava utilizando o óculos. O dispositivo ganhou uma página específica para baixar o seu SDK para desenvolver, emular e fazer testes.
Link:https://www.microsoft.com/microsoft-hololens/en-us/developers

XBOX ONE
Agora o console da Microsoft passa a aceitar Apps Universais e contará com um modo desenvolvedor que possibilitará o deploy e o debug das aplicações diretamente no console.

DESKTOP APP CONVERTER
Uma ferramenta pra traduzir/transformar seus aplicativos baseados em win32 para a UWP (Universal Windows Plataform). Além de ter a possibilidade de executá-lo em qualquer dispositivo que rode Windows 10, também é possível adicionar Live Tiles, notificações e integrações com a Cortana.
Link: https://developer.microsoft.com/en-us/windows/bridges/desktop

POWER BI
Para a ferramenta de Business Inteligence da Microsoft, foram apresentadas algumas formas de facilitar a integração de seu app com os recursos de análise e relatórios do Power BI (Alguns com recursos de drag and drop muito intuitivos).
Link: https://powerbi.microsoft.com/pt-br/

ASP.NET CORE
Houveram diversas demonstrações envolvendo o ASP.NET Core 1.0 que ainda está em produção. A que gerou mais impacto foi uma comparação de desempenho, onde o .NET se mostrou 6 vezes mais rápido que o Node.js

C# 7
A nova versão do C# tem muitas novidades previstas, mas como é algo que ainda está em desenvolvimento, não há muitas coisas definidas e podem mudar conforme os feedbacks, etc. Algumas coisas que estão previstas são:

  • Tuplas
  • Pattern Matching
  • Local Functions
  • Ref returns
  • Binary Literals
  • Digit Separator
  • Record Types
  • Immutable Types
  • Sideways Overriding

O pessoal da Lambda3 escreveu um artigo comentando um pouco sobre as Tuplas, um dos recursos previstos do C# 7. Vale a leitura, segue o link: https://blog.lambda3.com.br/2016/04/novidades-do-csharp-7-tuplas/

Como mencionei no início, descrevi algumas das novidades da conferência da Microsoft. Você pode ver os Keynotes, Code Labs e o restante do que foi transmitido no Channel9, em: https://channel9.msdn.com/events/build/2016

[UPDATE]
No dia 07/04 eu, o MSP Elton Augusto e os MTACs Renato Groff e Léo Andrade realizamos um hangout, falando um pouco sobre todas essas novidades. Segue o vídeo abaixo.

Qualquer sugestão, dúvida ou esclarecimento, utilize os comentários abaixo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *